.

.


Produto mais vendido
Sementes de Salsa (planta) ''Mooskrause 2'' 1.55 - 1

Sementes de salsa (planta) Mooskrause 2

Sementes de Salsa (planta) ''Mooskrause 2''

Preço para o pacote de 600+ (1g) sementes.

Salsa MOOSKRAUSE Petroselinum crispum Possui folhas onduladas verdes muito agradáveis que podem ser usadas para embelezar os pratos. A salsa é a favorita para fazer muitas misturas de ervas.

1,55 EUR
Peso líquido:
Quantidade

Sementes de Salsa (planta) ''Mooskrause 2''

Preço para o pacote de 600+ (1g) sementes.

Salsa MOOSKRAUSE Petroselinum crispum Possui folhas onduladas verdes muito agradáveis que podem ser usadas para embelezar os pratos. A salsa é a favorita para fazer muitas misturas de ervas. A erva versátil pode ser usada de várias maneiras e possui muitas vitaminas e minerais naturais.

A salsa, especialmente entre as ervas, pode ser apreciada quando é mais saborosa quando colhida fresca em seu jardim.

A semente precisa de 20 a 30 dias para germinar.
No outono, pode ser transplantado em vasos para ser guardado na cozinha para uso no inverno. Semeado como um vizinho de tomate melhora o sabor do tomate. Bons vizinhos também são cebola, rabanete ou nabo.

Descrição

É uma planta bienal que, no primeiro ano, forma uma roseta empenachada de folhas muito divididas, alcança 10–25 cm de altura e possui talos que podem chegar a exceder 60 cm floríferos de 1–3 cm e um tubérculo usado como reserva para o inverno. No segundo ano, desenvolve um talo de flôr de até 75 cm de altura com folhas esparsas e umbela de topo plano com diâmetro de 3–10 cm com várias flores verde-amareladas de diâmetro 2 mm. As sementes são ovoides, 2-3mm. Um dos componentes do óleo essencial é o apiol. A planta normalmente morre após o amadurecimento das sementes.[2][3][4]

Originária da Europa, à salsa também se atribuem propriedades medicinais, como antioxidante e expectorante.

As folhas de todos os tipos de salsa são ricas em vitaminas A, B1, B2, C e D, isto se consumidas cruas, já que o cozimento elimina parte dos seus componentes vitamínicos.

As folhas frescas e tenras da salsa, simplesmente cortadas, são ideais para temperar pratos.

Cultivo

O cultivo da salsa faz-se há mais de trezentos anos, sendo uma das plantas aromáticas mais populares da gastronomia mundial.

A reprodução é feita por sementes, num local ensolarado e em solo drenado que não seja demasiado compacto. Também pode ser cultivada em vasos fundos numa janela ensolarada. Desenvolve melhor entre 22–30 °C. A germinação é lenta, durando quatro a seis semanas e frequentemente difícil devivo ao furanocoumarins envolvendo sua semente. Plantas cultivadas a partir dos talos são normalmente espaçadas 10 cm, enquanto as cultivadas pela raiz são espaçadas 20 cm para permitir o desenvolvimento da raiz.

A salsinha atrai alguns animais. Algumas espécies de borboletas pôe seus ovos na salsinha, as lagartas são pretas com listras verdes e pontos amarelos, se alimentam da salsinha por duas semanas até formarem a pupa. Abelhas e outros insetos que se alimentam de néctar visitam as flores. Pássaros como o pintassilgo comum se alimentam das sementes.

Cultivar

No cultivo, a salsa é subdividida em vários grupos cultivares[6] dependendo da forma da planta, que é relacionado a seu uso final. Elas são frequentemente tratadas como variedades botânicas mas são seleções de cultivo, não de origem botânica natural.

Salsa de Folhas

Os dois grupos principais de salsinha usados como ervas são as de folhas crespas (i.e.) (P. crispum crispum group; syn. P. crispum var. crispum) e folhas lisas (P. crispum neapolitanum group; syn. P. crispum var. neapolitanum); desses, o grupo neapolitanum se aparenta mais com a espécie selvagem. Algums preferem cultivar a salsinha de folha lisa por ser mais fácil, sendo mais tolerante a chuva e sol, também tendo o sabor mais forte[4] (apesar de discutível), enquanto a salsinha de folhas crespas é preferida por outros devido à sua aparência mais decorativa. Um terceiro tipo, cultivado no sul da itália, tem galhos grossos, parecidos com o Salsão.

Salsa de Raiz

A variedade de salsa grande Petroselinum crispum tuberosum (P. crispum radicosum group, syn. P. crispum var. tuberosum), possui uma raiz engrossada axonomorfa, parecida com a cherivia, que se consome como hortaliça crua ou cozida. Esta variedade tem folhas maiores e mais rugosas que a salsa comum, mais semelhantes à espécie silvestre.

Benefícios e precauções

O sumo da salsa fresca é rico em vitaminas e a sua celulose ajuda o movimento intestinal,cada 200gramas de salsa contem 6.000 unidades de vitamina B e 200mg de vitamina C. Além de seu largo uso decorativo, a salsinha provê vários benefícios a saúde. É uma boa fonte de antioxidantes (especilmente luteolina), ácido fólico, vitamina C, e vitamina A. Dos benefícios à saúde declarados estão: propriedades anti-inflamatórias e melhora no sistema imune.

Entretanto, a salsinha não deve ser consumida em excesso por mulheres grávidas. É seguro em quantidades normais de alimento mas, em grandes quantidades pode ter efeito indutor de parto.

MHS 6
2967 Itens

Ficha informativa

Sementes escolhidas manualmente?
Sementes colhidas manualmente
HEIRLOOM ?
Sim
sementes orgânicas ?
Sementes Orgânicas
Orgânico ?
sim
Comestível?
Comestível
Pré-tratamento de semeadura?
Mergulhe na água antes da semeadura 12-24 h
Planta é adequada para o cultivo?
A planta é adequada para o cultivo em estufa
Planta é adequada para o cultivo?
A planta é adequada para o cultivo ao ar livre
Planta é adequada para o cultivo?
A planta é adequada para o cultivo em um terraço na varanda
Adequado para panela?
Adequado para panela: sim
Seeds Gallery recomenda esta planta?
Seeds Gallery recomenda esta planta!
Planta Medicinal?
Planta medicinal: Sim
Requer luz para germinação ?
Requer luz para germinação

Referências específicas

USDA Hardiness zone

Specials products

related Products